15/10/2018

Macapá recebe 15ª edição do Dia Internacional da Animação


O Dia Internacional da Animação (DIA) é uma Mostra de curtas-metragens de desenhos animados nacionais e internacionais com entrada franca que acontece no dia 28 de outubro em centenas de cidades do Brasil.
COMO SURGIU O EVENTO NO MUNDO
Em 28 de outubro de 1892, Emile Reynaud realizou a primeira projeção pública de imagens animadas do mundo do seu teatro óptico no Museu Grevin, em Paris, exibindo o filme Pauvre Pierrot. Para celebrar a data, em 2002, a ASIFA (Associação Internacional do Filme de Animação) lançou o “Dia Internacional da Animação” contando com diferentes grupos internacionais filiados em mais de 30 países.
NO BRASIL
No Brasil o evento é realizado pela Associação Brasileira de Cinema de Animação – ABCA. Em 2018 o DIA vai para a sua 15ª edição, conquistando, a cada ano, maior visibilidade e parceiros em diversos municípios brasileiros. A Mostra Oficial acontece no dia 28 de outubro às 19h00 simultaneamente em todas os locais participantes, contando com a adesão de centenas de cidades em todos os 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, sendo o maior evento simultâneo de animação realizado no Brasil.
Nesse ano o DIA é viabilizado pelo Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual via Fundo Nacional da Cultura.
COMO É:
A Mostra Oficial é composta por uma hora de curtas metragens brasileiros (Mostra Nacional) selecionados por um júri especializado de diretores escolhidos pela ABCA e uma hora de filmes estrangeiros (Mostra Internacional). Ambas possuem classificação indicativa de 12 anos.  
Em Macapá, o Festival Imagem-Movimento (FIM) integra a rede de exibição do DIA como realizador local voluntário desde 2007, e ao longo desses doze anos de parceria o evento passou por diversos municípios, praças, aparelhos culturais e escolas. Este ano a Biblioteca Pública Elcy Lacerda recebe o evento, com entrada franca. Após a sessão acontece um bate-papo com o convidado Marcus Oliveira sobre Animação na Amazônia e perspectivas para o Amapá.
Marcus é graduado em Comunicação Audiovisual pela UNB. Pós-graduando em Gestão Cultural - cultura, desenvolvimento e mercado, pelo Senac. Editor e assistente de direção da série de animação “Icamiabas na Cidade Amazônia”, em exibição pela TV Cultura do Pará. Roteirista e editor da série “Brinquedonautas”, que estreia em 2019, na TV Brasil. Ambas do estúdio Iluminuras, de Belém/PA.
Confira a programação:

MOSTRA NACIONAL Classificação indicativa 12 anos

Piconzé

Dir. Ype Nakashima
01’ (trecho do longa metragem) – 2D – 1972
Desde 2013, exibimos no início da Mostra Nacional um filme que faz parte da história da animação brasileira.
Nos 15 anos do DIA, a curadoria escolheu um trecho de Piconzé – primeiro longa-metragem colorido de animação produzido no Brasil, lançado em 1972.
SINOPSE: No pequeno vilarejo conhecido como Vila do Vale Verde vivem três grandes amigos: o jovem Piconzé, o papagaio Papo e o porco Chicão. Os três levam uma vida pacata e sossegada na pequena comunidade onde moram, mas, certo dia, tudo muda: Bigodão, um famoso bandido da região, ataca a cidadezinha e sequestra Maria, namorada de Piconzé, forçando os três amigos a partir em uma aventura cheia de perigos e emoções para resgatar a moça e derrotar Bigodão.


O Homem na Caixa
Dir. Ale Borges, Alvaro Furloni e Guilherme Gehr 
19’ – Animação 2D no Computador
SINOPSE: Preso há décadas em uma prisão de segurança máxima, um velho mágico-escapista tenta reviver os seus dias de glória, colocando em prática um plano de fuga perfeito, mas também muito arriscado.

 

Millie

Dir. Israel Dilean
05’ 11” – 2D Digital e 3D Digital 
SINOPSE: Um monstro nascido da briga de um casal entra no quarto da filha deles para atacá-la mas seu urso de pelúcia faz o que pode para protegê-la.

 

Insone

Dir. Débora Pinto e Breno Guerreiro
2’19” – Animação 2D digital full
SINOPSE: Dois irmãos estão brincando em seu quarto usando diferentes roupas e itens imaginários numa luta interminável que transcende tempo e passa de mundo em mundo.

 

Trip

Dir. Péricles Ianuch
2’44” – 2D 
SINOPSE:  Um rapaz entediado tem uma viagem que vai mudar sua vida.

 

La Loba

Dir. Julia de Macedo Nicolescu
03’09” – 2D Tradicional (digital) e cut-out
SINOPSE: Em meio a um deserto escaldante, uma velha xamã se prepara para um misterioso ritual recolhendo ossadas. Baseado no conto de Clarissa Pinkola Estés.

 

8 Patas

Dir. Fabrício Eduardo Rabachim, Gabriel Barbosa, Pietro Leonardo Nichelatti Nicolodi
02’ 25” – Computação Gráfica
SINOPSE: Ao receber uma visita inesperada, Beatriz se vê dentro de seu pior pesadelo. A aparição de uma pequena aranha transforma o conforto de seu lar em uma sucessão de desventuras, que provará que o maior perigo a enfrentar é o seu próprio medo.

 

Um Conselho Animador

Dir. Thiago Calçado
37”– 2D 
SINOPSE: Um conselho para meu filhos.

 

Torre

Dir. Nádia Mangolini
18’ – 2D, Lápis sobre papel, Tinta sobre papel
SINOPSE: Quatro irmãos, filhos de Virgílio Gomes da Silva, o primeiro desaparecido político da ditadura militar brasileira, relatam suas infâncias durante o regime.

MOSTRA INTERNACIONAL – Classificação indicativa 12 anos

Los Aeronautas

Dir. León Fernández
11’ – Stop Motion – México
SINOPSE: Em meio ao deserto, uma tribo sobrevive com o pouco que dá na terra. Soo’goh, o mais débil do clã, tentará vencer os obstáculos para chegar aos pomares do paraíso que todos desejam.

 

Luminaris

Dir. Juan Pablo Zaramella
06’ – Stop Motion / Pixilation – 2011 – Argentina
SINOPSE: Num mundo onde a luz reina e marca o ritmo da vida, um homem comum tem um plano que pode mudar o rumo das coisas.

 

High Wool

Dir. Nikolai Maderthoner e Moritz Mugler
03’ – Stop Motion – 2013 – Alemanha
SINOPSE: Um duelo em uma cidade feita de cordas.

 

El Empleo

Dir. Santiago ‘Bou’ Grasso
06’ – 2D – 2008– Argentina
SINOPSE: Um homem faz seu trajeto habitual até trabalho, imerso em um mundo onde o uso de personas é algo cotidiado.

 

Serio

Dir. Ana Gusson
03’22” – 2D – 2016 – Canadá/Brasil
SINOPSE: Em uma pequena cidade, Felicio cria sua família e trabalha como um sapateiro tradicional, sempre muito sério. Um dia, Guri, seu filho mais novo, quebra sua rotina de trabalho e juntos descobrem uma paixão em comum e um jeito mais leve de ver a vida

 

60 Segundos de Oscuridad

Dir. Pablo Conde
04’ – 2D– 2018 – Argentina
SINOPSE: Uma nevada misteriosa, uma cidade visitada pela Morte. A loucura e os limites do suportável trazem suas consequências de mãos dadas com o desespero.
60 Segundos de Oscuridad é uma homenagem à história em quadrinhos argentino “El Eternauta”, de Héctor Germán Oesterheld e Francisco Solano López. É uma adaptação de um fragmento do trabalho, interpretado a partir da linguagem da animação.

 

The short story of a fox and a mouse

Dir. Camille Chaix, Hugo Jean, Juliette Jourdan, Marie Pillier, Kevin Roger
06’14”– 3D– 2015 – França
SINOPSE: Uma raposa solitária caça um rato e o seu relacionamento muda quando duas corujas interferem na caçada.

 

Inercia

Dir. Becho Lo Bianco e Mariano Bergara
04” – Stop Motion – 2012 – Argentina
SINOPSE: A inércia é a força que faz com que todas as coisas se mantenham no estado em que se encontram. É a resistência a mudança. A inércia afeta todas as coisas, incluindo as pessoas.

 

Last Call

Dir. Sara Barbas
12”– 2D – Inglaterra/Portugal
SINOPSE: Catarina (uma gata) encontra sua velha paixão, Diogo (um cão) na fila para a inspeção das bagagens no aeroporto. A conversa entre os dois acaba se tornando constrangedora. Eles são interrompidos por pequenos acidentes resultantes das medidas de segurança do embarque, enquanto percebem um enorme erro do passado.

SERVIÇO:
15º Dia Internacional da Animação
Data: 28 de outubro
Hora: 19h
Local: Biblioteca Pública Elcy Lacerda
Classificação indicativa: 12 anos
Entrada franca

27/09/2018

2ª Circuito Cineclubista FINCAR e a voz das mulheres no audiovisual


Dia 29 de setembro, sábado, a partir das 19h, o Clube de Cinema, cineclube do Festival Imagem-Movimento (FIM), participa de mais um circuito cineclubista em parceria com o Festival Internacional de Cinema de Realizadoras (FINCAR). A sessão acontece na Biblioteca Pública Elcy Lacerda, com entrada franca.
O Fincar teve sua primeira edição em julho de 2016 em Recife (PE). Com foco de gênero na realização, o festival propõe uma investigação do processo criativo audiovisual feito por mulheres.
No intuito de descentralizar a exibição de filmes, a equipe do Fincar optou por estender o acesso às produções selecionadas para cineclubes de todo o Brasil, por entender essas iniciativas enquanto espaços de resistência artística e política. Sendo assim, a parceria também é uma forma de valorizar a existências dos mesmos.
A seleção que será exibida no Clube de Cinema é composta por 06 curtas-metragens brasileiros de ficção e documental, todos dirigidos por mulheres. O intuito da mostra é fomentar o debate em torno do cinema e a mulher que observa e é observada.

Visibilidade e resistência

No conturbado momento histórico e político pelo qual a sociedade brasileira passa, com uma parcela da população acreditando que o seu representante deve ser alguém que se posiciona abertamente de forma fascista, destilando ódio e questionando direitos conquistados por mulheres, negros e LGBTs, é de suma importância criar espaços que agreguem a diversidade e deem visibilidade às pautas das mulheres no audiovisual, seja esta indígena, negra, lésbica, trans, quilombola, ribeirinha, camponesa, entre tantas outras.
O Fincar se propõe, assim como muitos movimentos no Brasil pós-golpe, a ser uma iniciativa de resistência a todo tipo de intolerância e violência, um espaço de diálogo e de encontro de diferenças idealizado por mulheres, se apropriando, questionando e subvertendo a lógica de um cinema que por tanto tempo serviu ao sistema patriarcal e machista no qual ainda vivemos, mas que diariamente combatemos.
E neste momento decisivo para o Brasil que as eleições representam, a 2ª edição do circuito cineclubista do Fincar em Macapá acontece aderindo ao movimento #Elenão, que se posiciona contra “aquele” candidato à presidência e a ameaça que este representa a nossos direitos, nossa liberdade e a nossas vidas.
A sessão do Clube de Cinema compõe a programação do ato cultural que acontecerá na Pç. Floriano Peixoto a partir das 16h30 também no dia 29/09, como mais um recurso de reflexão sobre as escolhas dos nossos representantes e as consequências que enfrentaremos frente a esta mudança.

Confira a programação:

BOCA DE LOBA  
Direção: Bárbara Cabeça | Ficção | 18’43” | 2018 | Brasil
Sinopse: Pressões assediadoras das ruas. E um grupo de mulheres procura pela invocação de um espírito selvagem urbano.

FERVENDO
Direção: Camila Gregório | Ficção | 16’18” | 2017 | Brasil
Sinopse:  Ticiane procura por momentos descontraídos enquanto tudo está fervendo.

MERCADORIA
Direção: Carla Villa-Lobos | Ficção| 15’20” | 2017 |Brasil
Sinopse: A partir da chegada de uma novata, seis mulheres compartilham suas experiências, desejos e medos no trabalho com a prostituição.

MARIA ADELAIDE
Direção: Catarina Almeida | Ficção | 15’31” | 2017 | Brasil
Sinopse: Maria Adelaide, retirante nordestina, descobre na cidade grande do Rio de Janeiro uma identidade que permanecia escondida.

PERIPATÉTICO
Direção: Jessica Queiroz | Ficção | 15′ | 2017 | Brasil
Sinopse: Simone, Thiana e Michel são três jovens moradores da periferia de São Paulo. Simone está à procura do seu primeiro emprego, Thiana tenta passar no concorrido vestibular de medicina e Michel ainda não sabe o que fazer. Em meio às demandas do início da fase adulta, um acontecimento histórico em Maio de 2006 na cidade de São Paulo muda o rumo de suas vidas para sempre.

NOME DE BATISMO – ALICE
Direção: Tila Chitunda | Documentário | 25’45” | 2017 | Brasil
SinopseEm 1975, a declaração da independência de Angola iniciou uma longa Guerra Civil que matou e expulsou vários angolanos de suas terras. 40 anos depois, Alice, a única filha brasileira de uma família angolana que encontrou refúgio no Brasil, decide ir pela primeira vez à Angola, atrás das histórias que motivaram seus pais a lhe batizarem com esse nome.


SERVIÇO
2ª Circuito Cineclubista FINCAR
Local:  Biblioteca Pública Elcy Lacerda (Rua São José - Centro)
Data:  29/09 (sábado)
Horário: 19h
Entrada franca


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...