30/11/2015

02 de dezembro: Mostra em Movimento



Mostra ao ar livre que leva o FIM a bairros mais afastados, a fim de expandir as opções de acesso a programação do Festival para além do centro da cidade. Este ano a mostra será realizada na Rua do Copala (Buritizal).
Segundo o atual conselheiro de cultura e morador Uliclelson Luis, não existe registro no histórico dessa comunidade de intervenção do Estado com ações de lazer, educativas e principalmente de acesso à cultura, apesar de estar mapeada há décadas pela segurança pública como área de risco. Para ele, a Mostra em Movimento é um passo importante para garantir o direito à memória e à participação cultural para a comunidade.
“Isso significa muito pra mim, fui jovem marginalizado do Copala, tive muitos problemas sociais e o audiovisual me incluiu. Hoje, depois de 10 anos volto naquele lugar como profissional, crítico de periferia e principalmente com um grande instrumento: O cinema”.

Filme: A CARONA
Diretor: Eliezer França
Ano: 2012
Duração: 1’16”
Origem: Belém - PA
Classificação: Livre
Sinopse: “A Carona” trás um casal de amigos em um passeio sobre rodas pelas ruas de Belém. Quando a famosa chuva da tarde chega, o casal precisa buscar abrigo em um romântico coreto da Praça Batista Campos.


Filme: A FUGA
Diretor: Douglas Alves Ferreira
Ano: 2015
 Duração: 10’
Origem: São Paulo - SP
Classificação: Livre
Sinopse: Em 50 a.C. no antigo Egito, o exército romano está conduzindo
seus mais recentes prisioneiros de guerra pelo deserto. Inconformado, um menino tenta fugir de seus captores.

Filme: NHEENGATU - Um documentário sobre linguagem
Diretor: Ariel Quintela & Mateus Mattara
Ano: 2014          
Duração: 8'20" 
Origem: Santos - SP
Classificação: Livre         
Sinopse: Nheengatu significa "língua geral" e é uma linguagem inventada para que os portugueses pudessem se comunicar com os índios. Hoje, nos deparamos com uma situação parecida, onde o ser humano se comunica através da internet e compartilha mais informações do que em qualquer época de sua existência. Neste cenário, a humanidade enfrenta um dilema: nos separamos por línguas diferentes, em pequenos grupos, ou utilizamos uma só linguagem, permitindo a formação de uma grande sociedade.

Filme: O MURO É O MEIO
Diretor: Eudaldo Monção Jr.
Ano: 2014
Duração: 15’
Origem: Aracaju - SE
Classificação: 10 anos
Sinopse: O documentário aborda as pichações de protesto gravadas nos muros da Universidade Federal de Sergipe. São gritos de revolta pela falta de segurança no campus, estrutura e qualidade de ensino. As pichações são mostradas como formas de indignação, reivindicação e também de comunicação contra a apatia das paredes brancas que abafam os conflitos socioculturais.

Filme: IMORTALIDADE HUMANA
Diretor: Leo Collette & Pedro Gui
Ano: 2014
Duração: 04’34”
Origem: Rio de Janeiro - RJ
Classificação: Livre
Sinopse: Um fotógrafo percorre as ruas da zona portuária do Rio de Janeiro em busca da essência do tempo. Seu olhar sensível capta traços do passado no Rio contemporâneo. Quando as imagens são reveladas, algo peculiar acontece.

Filme: INFERNO
Diretor: Thiago Moulin
Ano: 2015
Duração: 24'59"
Origem: Vitória - ES
Classificação: 12 anos
Sinopse: O crack pelo ponto de vista dos usuários e ex-usuários da droga.

Filme: O VELHO
Diretor: Alexandre Nogueira & Thiago Pelaes
Ano: 2015
Duração: 5’
Origem: Belém - PA
Classificação: Livre
Sinopse: Durante uma tarde na Vila de Joanes, Ilha do Marajó (PA), Edevaldo nos leva a um recorte do seu cotidiano. Seu trabalho, seus temores e o amor que sente pelo lugar onde vive.

Filme: DE ANDADA
Diretor: Marie Kolling
Ano: 2013
Duração: 21’
Origem: Recife - PE
Classificação: Livre
Sinopse: Depois de morar décadas em uma favela, como seria se mudar de lá? Na zona norte de Recife – PE, entre rios e mangues, favelas de palafitas foram demolidas nos últimos anos pelo governo e os moradores reassentados para novas casas em conjuntos habitacionais. O filme retrata a experiência de quatro dessas famílias, como eles estão se adaptando a nova situação de moradia e os desafios e alegrias que eles enfrentam nesse processo. O filme é baseado em uma pesquisa antropológica e traz um olhar da vida cotidiana na periferia da metrópole pernambucana, onde novas casas e vidas estão em construção.

Filme: SELVA DE PEDRAS
Diretor: Fernando Narasaki
Ano: 2014
Duração: 4’08”
Origem: São Paulo - SP
Classificação: Livre
Sinopse: Videoclipe do grupo Ecoalaize e Michael Dread em parceria com o grupo Majestic. Na selva de pedras é assim, eu vejo vários se matando por din din, entre o beco e a viela encontram o fim, meu caminho eu vou trilhando, Jah olha por mim.

SERVIÇO:
Data: 02 de dezembro
Local: Rua do Copala, entre Santos Dummont e Hidelmar Maia. Buritizal.
Horário: 19h
Classificação: 12 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...