28/11/2011

E a maratona de mostras do FIM começou...

Ornamentação alternativa no acesso ao auditório do MIS

Apesar de esta já ser a 8ª edição do festival, é inevitável rolar um friozinho na barriga antes de dar início às atividades. Até mesmo os mais experientes sentiram isso. Verdade! Augusto “Tuto” Pessoa foi o responsável por realizar a cerimônia de abertura, após a exibição dos diários de bordo das edições passadas. É muito legal rever os vídeos dos outros FIMs e constatar que a cada ano, o festival está cada vez melhor. Chega de sentimentalismos, vamos falar sobre a primeira mostra.

Público marcando presença na primeira mostra de filmes

Mesmo iniciando em uma segunda-feira, podemos dizer que começamos com o pé direito. A primeira mostra de filmes do 8º FIM chamou a atenção de quase 30 pessoas, quantidade considerável para o auditório do MIS, palco da exibição dos três filmes desta noite. Entre os presentes, alguns rostos já conhecidos de freqüentadores de cineclubes, porém percebemos pessoas novas que atenderam ao chamado deste festival. Fato que nos anima muito, de poder conquistar um público diferenciado e, conseqüentemente, ampliar ainda mais a quantidade de admiradores de filmes do cenário independente.

Público foi chegando aos poucos durante a exibição

Melhor que isso, foi a surpresa de termos alcançado um número recorde de filmes para a edição deste ano que, de longe, é a maior já realizada. Foram mais de 60 filmes enviados de 11 cidades brasileiras para este evento, o que motivou a criação de mostras extras para que os admiradores da sétima arte possam se “embriagar” com tantos filmes dos mais variados gêneros.

Todo mundo vidrado na telinha

De antemão, queremos agradecer a todos que já vieram (e os que ainda estão por vir) prestigiar este evento que é DE todos e PARA todos! E vamos juntos, rumo ao infinito!!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...